Sofrendo com efeito sanfona? Confira algumas dicas para evitar este mal

Para que o efeito sanfona não apareça é preciso ter uma alimentação balanceada e praticar exercícios. Existem cuidados e é preciso ter atenção para conseguir estar em constante dedicação para não deixar de lado os hábitos saudáveis. Há algumas dicas e medidas que podem ser tomadas para que o efeito sanfona não aparece.

O efeito sanfona vai aparecer quando a gente perde peso muito rápido e depois não consegue manter esses resultados. Todos os quilos perdidos conseguem voltar tão rápido quanto foram. É isso que acontece quando optamos por uma dieta com muita restrição e radical, pois depois de alcançar os objetivos, a tendência é voltar a se alimentar errado. Como fazer para manter o corpo em forma sem voltar a ganhar os quilinhos perdidos?

1 – Afinal, como evitar o efeito sanfona?

O ideal é ter uma dieta equilibrada e não esquecer que o que perdemos muito rápido, ganhamos de volta rápido também. É necessário ter consciência de que o emagrecimento consegue ser rápido, mas é preciso ter disposição para mantê-lo. Para que o efeito sanfona não surja, precisamos adotar um estilo de vida mais saudável, com uma alimentação e exercícios permanentes na nossa vida.

# Comer de 3 em 3 horas

Quando queremos ter uma alimentação mais regrada precisamos nos alimentar e obter os nutrientes corretos. A alimentação deve ter horários regrados também para que a gula não apareça. Quando comemos sem necessidade, ganhamos uns quilinhos extras. Comendo de 3 em 3 horas vai fazer com que na hora de comer alguma das principais refeições, a fome não seja tanta e o excesso não acontece.

 

Beber bastante líquido

O nosso corpo possui 75% de água, demonstrando a importância desse líquido para o nosso organismo. É necessário tomar 2 litros de água, em média, para um adulto saudável. É importante também tomar sucos naturais ou integrais. Com água e vitaminas o nosso corpo consegue se manter hidratado e nutrido.

Comer pelo menos 3 frutas por dia

Há frutas que são ricas em fibras e vão trazer maior saciedade, conseguindo também melhorar o funcionamento do trânsito intestinal. O morango, mamão, maçã, framboesa e pera são ótimas frutas para isso. É possível consumir nos intervalos entre as principais refeições ou comer como uma sobremesa, já matando a vontade de comer doce depois do almoço. As frutas são excelentes para acelerar o metabolismo, contribuindo para a perda de peso.

 

Fazer atividades físicas

Fazer 30 minutos, pelo menos, de atividade física por dia ajuda o corpo a manter o seu funcionamento para prevenir o ganho de peso. A atividade pode ser feita na academia e escolhida de acordo com os seus objetivos. A atividade física quando realizada com dedicação queima calorias e melhora a qualidade de vida.

 

Procure alimentos ricos em gorduras boas

As gorduras boas podem parecer assustadoras, mas elas ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e trazem maior saciedade. Conseguem também contribuir para que não haja a compulsão alimentar e a diminuir a gordura abdominal. Trabalham também entregando maior energia para o corpo.

 

Alimentos naturais

Ter o costume de beber um suco verde pela manhã é muito importante. Acrescentar nozes, castanhas, coco, óleo de coco, gengibre, linhaça dourada e abacate fazem com que o emagrecimento seja impulsionado. Beber isso no dia a dia contribui e demonstra que há uma mudança de hábitos para que o efeito sanfona não aconteça. É preciso ter sempre o cuidado de se alimentar de forma natural, não só para a perda de peso, mas para a saúde também.

 

2 – O que fazer?

Para evitar o efeito sanfona é preciso aprender a se reeducar e mudar seus hábitos. Assim há um emagrecimento que vai fazer com que o seu corpo entenda que agora ele deve manter aquele peso e aquela rotina.

Não faça nenhum tipo de dietas rigorosas e restritivas. O corpo precisa ser saciado de alguma forma para não perceber que não está ganhando a mesma quantidade de comida que antes. Por isso que comer em horários regrados e todos os dias manter essa rotina, é importante. As refeições como o café da manhã, almoço e jantar, precisam ser preenchidas com lanches entre elas. Não é preciso passar fome para que nas próximas refeições você não desconte comendo.

Não deixe de incluir verduras e legumes em suas refeições, principalmente para as saladas cruas. Esses são alimentos que são ricos em fibras e trazem maior saciedade, desse jeito não será necessário abusar em outros alimentos.

Radicalizar é errado e não é preciso deixar de lado as suas comidas favoritas. Tudo bem comer um chocolate ou tomar um sorvete, só que não pode ser todos os dias da semana. Escolher um dia da semana para isso e pegar uma porção pequena não vai trazer o seu peso de volta. Evite os alimentos que sejam muito salgados, pois o sal é um vilão para o inchaço.

É preciso ter o hábito de beber bastante água durante o dia e deixar de lado as bebidas industrializadas. Essas bebidas contêm muita química e muito sódio e prejudicam a saúde. Beber 2 litros de água por dia é o recomendado, melhorando o funcionamento do intestino, pele, limpeza do organismo, fazendo com que o emagrecimento venha de forma saudável.

Mastigar bastante os alimentos também ajuda a melhorar a digestão. O estômago precisa de um tempo para passar a mensagem para o cérebro que você já está satisfeito. Por isso, raça as refeições com mais calma e não coma tão rápido. Pratos com grandes variedades são importantes, inclua um pouco de cada grupo alimentar. É recomendado que tenha sempre uma gordura, uma proteína e um carboidrato. As proteínas e a gordura ajudam na digestão e trazem maior saciedade também.

O efeito sanfona consegue ser evitado quando uma alimentação equilibrada é associada a uma prática de exercícios físicos regular. Se você está enfrentando dificuldades para emagrecer, precisa conhecer o Programa de Emagrecimento, fazendo com que você perca os quilos que seja em 21 dias. Confira mais informações a respeito em:

https://www.desafio.academiapraktika.com.br