Reeducação alimentar: quais alimentos devem ser retirados do seu cardápio?

Para conseguir emagrecer não é necessário passar fome ou ficar contando calorias o tempo todo. Para conseguir um emagrecimento saudável é necessário realizar uma reeducação alimentar, ou seja, continuar se alimentando de praticamente tudo, sem precisar restringir a sua alimentação, mas conseguir emagrecer a partir disso.

Quem quer emagrecer precisa levar em consideração que emagrecer não é algo que acontece rapidamente, é preciso dedicação e é preciso mudanças. Mudar o seu hábito alimentar vai fazer com que o processo seja mais fácil e com o tempo vire algo normal na sua rotina alimentar, garantindo assim o emagrecimento.

 

1 – O que não comer em uma reeducação alimentar?

Hoje em dia tem se apontado como uma das melhores formas de emagrecer a dieta do consumo de pouco carboidrato. Não se retira e restringe completamente esse alimento da sua rotina, mas faz com que ele seja reduzido, surtindo efeitos muito positivos para o emagrecimento saudável e efetivo.

É uma forma de conseguir emagrecer com saúde, perdendo peso e conseguindo realizar uma reeducação alimentar. A reeducação alimentar é quem consegue garantir uma saúde melhor e o controle do peso, sendo importante para educar também a sua família e as pessoas ao seu redor, como ter melhores hábitos de saúde.

Realizando uma reeducação alimentar e possível emagrecer então, mas também melhorar a saúde e evitar doenças crônicas como a hipertensão, síndrome metabólica, diabetes tipo 2, colesterol alto, obesidade, depressão, doença cardiovascular, entre outras.

 

Então, quais são os alimentos que devo evitar?

 

– Evite açúcares como os encontrados em refrigerantes, sucos de fruta, gelados, doces, entre outros.

– Evite cereais com glúten como o trigo, cevada, espelta e centeio. Evite comer pão, macarrão, biscoitos, bolachas e bolos.

– Evite comer gordura trans, como os óleos hidrogenados ou parcialmente hidrogenados.

– Evite os óleos vegetais ricos em Ômega 6, como os encontrados em óleo de semente de algodão, girassol, soja, semente de uva, cártamo, canola e milho.

– Evite os adoçantes artificiais como sucralose, ciclamatos, aspartame, sacarina, acessulfame de potássio. Use apenas o adoçante natural Stevia.

– Evite os produtos ditos como “diet” ou “light”, encontrados muitas vezes em laticínios, cereais, bolachas, entre outros.

– Evite alimentos processados, ou seja, se não for um alimento caseiro ou natural, evite.

 

O açúcar é altamente calórico e pode provocar o aumento do peso, além de ser usado em muitos alimentos de forma até escondida. O açúcar pode aumentar o estresse oxidativo, o que causa o envelhecimento das células.

Deixe de lados as carnes ultra processadas como hambúrgueres congelados, embutidos, salsichas, nuggets. Eles são cheios de corantes, conservantes e aromatizantes, que podem ser nocivos para o nosso organismo. Além de serem muito calóricos e cheios de sódio, não apresentam quase nada de nutrientes, aumentando o risco da obesidade, doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes tipo 3 e câncer de intestino. Até mesmo o peito de peru é necessário ter cuidado, por mais que tenha pouca gordura, é rico em sódio, conservantes, corantes, aromatizantes e nitrato.

 

2 – O que posso comer?

Os alimentos liberados para consumo podem depender de alguns outros fatores, como o seu estado de saúde, se você pratica ou não exercícios físicos, seu peso e os seus objetivos a serem atingidos. A reeducação alimentar é uma recomendação que sugere uma mudança geral na sua vida, sendo necessário focar nela para dar certo.

É possível comer carnes, peixes, ovos, frutas, nozes e sementes, vegetais, laticínios gordos, óleos saudáveis, gorduras e alguns tubérculos e cereais sem glúten. A sua alimentação deve se basear em alimentos reais que não sejam industrializados, nem processados e que contenham pouco carboidrato.

Para poder emagrecer é necessário comer apenas uma fruta por dia. É preciso também ter certo cuidado com o consumo de nozes e sementes e queijo, pois eles contêm bastante calorias e é bem fácil acabar comendo em excesso.

Alguns alimentos são liberados, mas devem ser consumidos com moderação. Se você já tem hábitos saudáveis e faz algum tipo de exercício, vai poder consumir esses carboidratos saudáveis. Por exemplo, os tubérculos como batatas e batatas doces, os cereais sem glúten como arroz, quinoa, aveia e os legumes como feijão, lentilhas, entre outros.

Outros alimentos que podem ser consumidos com moderação são o chocolate amargo e o chocolate preto, escolhendo marcas que sejam 70% ou mais de cacau. O vinho quando escolhido um que seja seco e não possua açúcar adicionado é a dica. O chocolate amargo é uma opção a ser consumida moderadamente, pois é rico em antioxidante e pode melhorar a saúde. Mesmo assim, é importante lembrar que chocolate e álcool podem deixar o emagrecimento mais difícil se for consumido em excesso.

Os alimentos ricos em antioxidantes e de gorduras boas são bem importantes, pois ter uma alimentação balanceada é ter uma alimentação completa em tudo. Ter gorduras desse tipo na sua alimentação é importante para manter a saúde do coração e dos vasos. Consumir alimentos como azeite, amendoim, abacate, salmão, linhaça, atum, oleaginosas como amêndoas, nozes e castanha.

 

# O que posso beber?

O café está liberado, sem açúcar ou adoçante, além de chá sem açúcar ou adoçante. A água é o líquido fundamental e pode ser bebido nas quantidades indicadas, como 2 litros por dia. Os sucos verdes são boas opções para quem quer desintoxicar o organismo e substituir o café da manhã. Preferir os refrigerantes sem açúcar ou sem adoçantes artificiais.

Portanto, normalmente sempre surgem alimentos que são muito bons para a saúde e eles são recomendados em todas as dietas. Outros acabam não se sustentando e vão embora conforme as dietas da moda passam. Não importando muito a relação desse fenômeno, ter esses cuidados em evitar alguns alimentos e priorizar o consumo de outros é importante para poder ter uma vida mais saudável e conseguir emagrecer.

Montar um cardápio equilibrado é ideal para que você consiga ter uma vida mais rica em saúde e rica em nutrientes, melhorando o seu desempenho no dia a dia e levando a resultados satisfatórios.

 

DESAFIO 21 DIAS PRAKTIKA

Já pensou perder até 10kg em 21 dias? Isso é possível! Participe da terceira edição do “Desafio Praktika” e diminua suas medidas em 3 semanas com acompanhamento de uma nutricionista e um educador físico especializado em perda de peso. Vence quem perder mais quilos. Tá esperando o que? Perca peso e ainda ganhe prêmios!

Veja o antes e depois da participante Fernanda, ela ganhou o primeiro desafio, perdeu 7kg, 10cm de circunferência abdominal e ganhou 3kg de massa magra.

Mais informações aqui.

whatsapp-image-2018-07-13-at-13-26-43