Gordura abdominal: Descubra como perder em 5 passos

O excesso de gordura localizada na região abdominal é sinal de alerta. Geralmente está associada a outros problemas como alto nível de triglicerídeos, baixos níveis do bom colesterol (HDL), resistência à insulina, aumento da gordura hepática, etc.

O ideal é que a medida da circunferência abdominal seja inferior a 102 cm para os homens, e menos de 88 cm para as mulheres. Se as suas medidas são superiores a isso, podemos te ajudar com 5 dicas importantes!

 

1 – Elimine o açúcar

Cortar alimentos e bebidas açucaradas é o primeiro passo para você conseguir eliminar a gordura abdominal e melhorar a sua saúde. Veja bem, o açúcar provoca efeitos nocivos no funcionamento metabólico do nosso organismo.

Na prática, quando o açúcar refinado é absorvido pelo corpo, o fígado recebe uma elevada quantidade de frutose para metabolizar. Diante disso, ele transforma o açúcar em gordura corporal, que tende a se localizar na região abdominal.

Outra dica é ler com cuidado os rótulos dos alimentos e evitar aqueles que possuem um alto teor de açúcar na sua composição, isso inclui até mesmo aqueles rotulados como saudáveis ou integrais. Fuja dos alimentos industrializados sempre que possível!

 

2 – Invista no consumo de proteínas

A proteína não pode faltar na dieta de quem deseja perder peso, sobretudo quando se trata da região abdominal. Por quê? Simples, dentre as principais funções deste importante macronutriente destaca-se a sua contribuição para acelerar o metabolismo e a queima de gordura.

O ideal é que você passe a incluir alimentos ricos nesse tipo de nutriente na maioria das suas refeições, como:

 

  • Ovos
  • Peixes
  • Mariscos
  • Carne
  • Frango

 

Essas são consideradas as melhores fontes de proteínas que existem, mas se você ainda tiver dificuldades para inserir esse nutriente nas suas refeições, também pode recorrer ao uso de suplementos ou de bebidas lácteas como leite.

Além disso, outra excelente forma de inserir mais proteína na sua dieta é usar o óleo de coco para cozinhar. Segundo estudos, duas colheres de sopa desse óleo por dia ajudam na redução da gordura abdominal.

 

3 – Evite o consumo de carboidratos

Uma das maneiras mais eficazes para perder peso é reduzir a quantidade de carboidratos da sua dieta. Quando a quantia de carboidratos cai, a gordura armazenada se torna mais acessível para o corpo usar como fonte de energia.

Para isso, você precisa evitar alguns alimentos ricos em carboidratos, tais como:

  • Pães
  • Massas
  • Biscoitos
  • Sorvete

 

É importante destacar que ao fazer essa mudança na sua alimentação, você não só irá diminuir as suas medidas na região abdominal, como também poderá aproveitar uma série de outros benefícios para a sua saúde, prevenindo a diabetes, por exemplo.

 

4 – Faça exercícios aeróbicos

Provavelmente você já sabe que praticar exercícios físicos regularmente é a melhor maneira de manter um corpo saudável e em forma. Então, se você quer perder a gordura abdominal é essencial incluí-los na sua rotina também.

Um erro comum de quem deseja perder gordura é imaginar que a melhor forma de eliminá-la é realizando exercícios localizados em uma só região. Ledo engano! Saiba que perder gordura em apenas um ponto exato do corpo não é possível e fazer apenas abdominais não vai te ajudar a perder a gordura abdominal.

Por outro lado, exercícios aeróbicos como correr, caminhar, nadar e dançar, promovem grandes reduções da gordura abdominal. Também são excelentes para manter os níveis de açúcar equilibrados, reduzir inflamações e prevenir a obesidade.

 

5 – Escreva o que você come

Para que você consiga ter sucesso na perda de medidas na região abdominal, você precisa estar atento à alimentação. E nada melhor do que anotar tudo que você consome durante o dia para ter clareza onde está errando.

Dessa forma, você irá perceber o que precisa ser feito para seguir a dieta e desenvolver uma boa estratégia. Mas veja bem, isso não quer dizer que você terá que fazer isso sempre, basta acompanhar com cuidado tudo que você ingere nos primeiros dias da dieta. Se você perceber que não tem mais problema em segui-la, pode deixar as anotações de lado.

Agora que você já está por dentro dessas dicas, pode começar sua transformação. Disciplina e força de vontade são essenciais, lembre-se dos resultados que deseja alcançar e foque nos objetivos que precisa cumprir para chegar lá!