Como cuidar da alimentação nas festas de fim de ano

As festas de fim de ano podem ser uma afronta ao trabalho de um ano inteiro. Uma cilada para sua dedicação de comer certinho, ou ainda, pode ser uma boa desculpa para você adiar, mais uma vez, aquela meta de uma vida saudável e daquele tão sonhado corpinho…

Por que será que a gente faz isso? Usando como pretexto uma festa ou um encontro entre amigos para viver o dia do lixo: “hoje eu posso tudo!”. Nestes momentos colocamos em risco uma decisão importante, além desperdiçarmos todo o dinheiro gasto com nutricionista, alimentação, médico, etc.

Sabia que os motivos para estas auto-sabotagens, compulsões ou simplesmente falta de força de vontade, podem ter várias causas?

Quem sabe este não seria um bom momento pra você reavaliar como está fazendo suas escolhas e reagindo diante destas situações?

Claro que você não precisa ser o chato da família e cortar o “barato” da confraternização, mas pode sim, fazer boas escolhas com sabor, saúde e, acima de tudo, com alegria.

Aqui vão algumas dicas para você terminar bem o ano e entrar em 2017 honrando seus compromissos!

 

Natal

Escolha a carne magra do peru ou frango, cordeiro ou bacalhau. Coma as castanhas – mesa de natal sempre tem algumas!

Se tiver salada de folhas, se joga! Este negócio de falar “hoje não vou comer salada porque já comi a semana toda” mostra que você ainda está com a mentalidade que comer salada é coisa de quem está de dieta. E não é! Acredite, comer fibras ajuda a varrer a gordura do seu organismo além de te deixar saciado mais rápido, diminuindo o espaço e a vontade de guloseimas. Aliás, comer salada é uma ótima estratégia para ficar sempre saudável e magro.

Escolha, então, o carboidrato, um que você gosta muito! A farofa, o arroz ou a salada com batata, por exemplo. Mas só um deles. E a sobremesa? Tem romã, pêssego, ameixa…

Em toda ceia o que não falta são frutas antioxidantes e de baixa carga glicêmica. Porém, se sabe que não vai resistir ao doce, então tire o carboidrato do jantar

Churrasco no dia seguinte? Tome um suco verde pela manhã ou uma água com limão, gengibre, ovos, fibras e saboreie o churrasco com muita salada e uma porção pequena de carboidrato.

Uma semana mais tarde, e lá vem ele: o Reveillón!

E as regras são as mesmas. Tem o porquinho?? Escolha a parte mais magra dele. Arroz com lentilha e salada novamente. Não esqueça as uvas para fazer os pedidos…e assim por diante.

Bebidas?? Sim, se você gosta. Mas com parcimônia e com muita água.

Se for sair de viagem, leve lanches como castanhas, frutas secas, biscoito de arroz integral, sanduichinhos com pasta de frango, atum, ovos e, sempre, muita, mas muita água mesmo!

O ano começou, é só continuar assim: exagerou um dia, compense no dia seguinte.

Precisamos ir negociando com a gente mesmo, pensar no que vamos comer e não sair devorando o que tem pela frente, sabe? Assim, nosso corpo vai sinalizando o que é melhor para nós. Quando perceber, você já mudou os seus hábitos e no final do próximo ano vai tirar de letra!

 

Viu só? Dá para ser feliz comendo de forma saudável e curtindo o sabor dos alimentos!

 

Não adie mais uma vez! Comece já a se cuidar.

Entre o ano com a autoestima de quem consegue se controlar.

Você pode.

Você merece!

 

Boas festas!

 

 

Deixe uma resposta