Benefícios da prática de exercícios na 3ª idade!

Hoje em dia as coisas são bem diferentes do que uns anos atrás, mostrando que os tempos são outros. A população idosa vem crescendo constantemente e com o avanço da expectativa de vida do brasileiro, demonstra que a população idosa chegará a 12,2% da população em 2025, o dobro do que é atualmente.

O envelhecimento é um processo que se faz presente por diversas transformações que vão acontecendo progressivamente e não tem como mudar conforme os anos passam. Por conta disso, se faz necessário pensar no futuro e pensar que é necessário ter um bom envelhecimento, conseguindo manter um bom equilíbrio entre o físico e o psicológico.

 

1 – O envelhecimento

O envelhecimento para muita gente é o fim da vida, onde quem atinge a terceira idade não consegue mais realizar as atividades que antes fazia. Hoje em dia as coisas não são mais assim, os idosos estão cheios de sonhos e com muita vontade de viver. Isso faz com que atividades e locais sejam adaptados para esse público.

Como não há muita oportunidade de locais para conseguir praticar atividade física para esses idosos, eles acabam se desanimando em continuar buscando uma vida mais saudável. Os idosos são capazes de realizar a atividade física como uma forma de se manterem sãos e mostrar que ainda são capazes do que quiserem.

A atividade física é algo incentivado desde a juventude e para os idosos é importante para que os sistemas do organismo continuem funcionando bem, garantindo um bem-estar e uma qualidade de vida maior. Assim é possível ter um envelhecimento bem-sucesso e deixando de lado as duras realidades que é chegar na terceira idade.

 

# Benefícios

Os principais benefícios da atividade física na terceira idade começa pelo bem-estar geral, melhorando a condição de saúde física e ainda mais, mostrando a independência que o idoso pode ter. A atividade física é algo importante e é uma das melhores alternativas para que os idosos tenham uma qualidade de vida melhor.

Através das atividades físicas, o idoso consegue controlar melhor as mudanças do envelhecimento, percebendo que ele é mais independente e autônomo para realizar as atividades do dia a dia. É por isso que é bem importante conscientizar os idosos que eles podem colocar em suas rotinas a atividade física, pois os benefícios estendem para a sua saúde e ainda evita que eles se limitem fisicamente.

A atividade física é importante, pois mexe com a parte biológica do envelhecimento, trazendo diversos benefícios para os sistemas que podem ser comprometidos por conta da idade. O controle da pressão arterial é um dos benefícios, além da melhora da capacidade cardiovascular, respiratória, maior mobilidade, menos risco de doenças e até prevenção de alguns tipos de câncer.

Os exercícios físicos é a melhor alternativa para trazer uma melhora no envelhecimento biológico, fazendo uma manutenção da capacidade funcional, demonstrando que os sistemas fisiológicos conseguirão funcionar melhor por mais tempo e evitando que o declínio das funções aconteça mais rápido.

Por conta disso, é bem importante trabalhar a atividade física com idosos para que eles tenham a oportunidade de serem mais independentes, conseguindo realizar as suas atividades do dia a dia, sem precisar de ajuda de outras pessoas o tempo todo. Isso faz com que eles ainda participem da sociedade, demonstrando uma maior sociabilidade e demonstrando sua vontade de viver.

Depois de construir uma rotina de prática de exercícios na terceira idade, demonstra para esse público que a qualidade de vida deles melhorou, trazendo mais energia e vigor. Os idosos entendem os exercícios físicos mais como um remédio, pois de fato contribuem para diminuir o risco de doenças e outras condições degenerativas que o sedentarismo pode causar.

 

2 – Maior qualidade de vida para a terceira idade

É bem importante consciência o idoso que a atividade física vai ser muito boa para o envelhecimento, trazendo menos dores, quedas, tristeza e doenças. Isso faz com que eles percebam que podem ter uma qualidade de vida muito maior.

Para os idosos, uma melhora na qualidade de vida é possível através da superação de doenças, conseguindo viver sem dificuldades ou em uma cama. Assim eles conseguem permanecer realizando os seus trabalhos, sem dor, mal-estar e outras doenças. Isso faz com que eles não sejam mais dependentes e não gere desconforto.

A prática de exercícios físicos é fundamental para a melhoria de qualidade de vida do idoso, demonstrando que ele está aderindo a novos hábitos saudáveis, consumindo informações que trabalham com uma melhora da sua saúde mental, física, emocional e social. Assim trabalha-se com eles a questão de uma boa capacidade funcional, trazendo questões de afeição, comunicação e ocupação.

Portanto, é necessário lembrar que as atividades físicas não se restringem a uma melhora apenas na locomoção, mas como uma melhora geral no organismo dessas pessoas. Por isso, o idoso que participa de atividades físicas consegue ter um saldo positivo na sua independência, de forma psicológica e de forma física.

A atividade física vai ser tão importante para eles, trazendo diversos benefícios e mostrando que eles podem permanecer realizando as suas atividades da rotina. Isso deixa o idoso muito mais sociável e feliz, combatendo também um dos grandes medos da terceira idade: as quedas.

O idoso pode assim amenizar os diversos problemas que a idade pode traz, tendo uma velhice muito mais tranquila e saudável. Tudo de acordo com as suas condições físicas e fortalecendo a sua musculatura, combatendo o problema das quedas. Assim o idoso tem muito mais movimentação e sustentação, promovendo a sua independência.

A academia é um lugar onde o idoso consegue encontrar novos amigos, permanecer ativo em seu ciclo de conversa. Gerando assim um ambiente muito prazeroso e demonstrando que ele pode ocupar o seu tempo livre. Assim o envelhecimento consegue ser combatido no processo psicológico, mas também consegue aliar os diversos benefícios físicos já citados.

É importante incentivar os idosos a frequentar aulas para eles e demonstrar que não é porque a terceira idade chegou que eles devem parar de investir em si mesmo.